A quem ou o quê ouvir?

Está muito difícil de encontrar o equilíbrio para sabermos quais vozes ouvir. Antes, éramos influenciados por um pequeno grupo que nos cercava. Havia relativamente poucas vozes para ouvirmos e darmos ou não, créditos. Hoje, essas vozes estão por todos os lados. São celebridades momentâneas que nos propõe maneiras de ser e de agir. Celebridades de YouTube, Instagram, Facebook, Twitter, Snapchat etc. Aliás, celebridade ou não, todos têm opinião sobre tudo e estão ansiosos para ter uma audiência, seguidores e “likes”. Na “era da informação” com suas ferramentas de pesquisa, fica difícil saber quem vai nos influenciar. Em quem acreditar? A quem ouvir?

Se, por um lado a quantidade e a velocidade das informações são enormes, por outro lado o acesso à boa literatura também é. O estudo aprofundado da Palavra de Deus está à distância de um teclado. A escolha é sua. Precisamos crer que, em meio a tantas outras vozes, ouvir a voz de Deus será o melhor para nós, mesmo quando ela nos contraria. As palavras de Deus trazem vida e não morte, por vezes tristeza, mas visando a alegria verdadeira. Ouvir a voz certa tem a ver com o coração, com a disposição e decisão de ouvir ou não a voz de Deus, diz respeito às nossas crenças internas e não depende da quantidade de influências à nossa volta. As “supostas verdades” à nossa volta muitas vezes são atraentes e “fazem sentido” por causa de idolatrias que temos dentro de nós. Tem, portanto, que ter fé para escolher ouvir a voz de Deus que nos confrontará a fim de gerar em nós vida em abundância. “A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação, e a tristeza segundo o mundo produz morte.” (2 Coríntios 7.10, NVI). Como Jesus disse, a Palavra de Deus é “A Verdade” (João 17.17)

Como ilustração disso, pensemos na situação do apóstolo Pedro. Jesus se aproximou dele naquele dia de pesca fracassado e disse: “Vá para onde as águas são mais fundas. Lancem as redes para a pesca” (Lucas 5.4-5, NVI). Naquele momento Pedro teve uma decisão a tomar: ouvir a voz de Jesus Cristo ou ficar com sua competência, seu orgulho e sua própria sabedoria. Pedro tinha experiência. Ele conhecia muito bem o mar. Ele já havia tentado a noite inteira. Ele tinha muitos motivos para acreditar em suas próprias habilidades e convicções, em seus conhecimentos, naquilo que lhe parecia mais óbvio. Talvez ele já estivesse cansado de tentar e frustrado.

Apesar disso tudo, ele resolveu ouvir e crer, mesmo não fazendo sentido para ele. Talvez não acreditasse no fato em si, mas acreditou na Pessoa que lhe estava ordenando. Pedro disse: “Mas, porque és tu quem está dizendo isto, vou lançar as redes”. E o que aconteceu depois disso foi maravilhoso!! Um verdadeiro milagre diante de Pedro. Ele pôde contemplar o poder do próprio Deus em sua vida. Ele teve sua vida completamente transformada. Em vez de frustração, satisfação; em lugar de de desânimo, esperança; ao invés de tristeza, alegria; onde havia falta de crença, uma fé que contemplou milagres. Pedro poderia ter tido uma vida completamente diferente da que teve, mas ele escolheu crer na Palavra de Cristo quando tudo parecia desfavorável à sua fé.

E você, tem crido em qual Palavra? Você tem escolhido ouvir a quem? Pense nisso…

Categorias Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close