Categorias
Sem categoria

O que acontece quando você de entrega à inveja?

Provérbios diz que a inveja é a podridão dos ossos (Pv 14.30). Tiago liga a inveja à amargura e rivalidade (Tg 3.14, 16). Gênesis mostra que foi a inveja que fez com que os irmãos de José quisessem matá-lo (Gn 37.11) e Mateus diz que foi por inveja que os líderes judeus entregaram Jesus à morte (Mt 27.18). Todos esses textos bíblicos e outros não mencionados já nos apontam o camimho, mas existe um texto da Palavra de Deus, no entanto, que apresenta um raio-X da inveja: o Salmo 73. Ele mostra o que acontece quando nos entregamos à inveja, mas também mostra o remédio de Deus para vencermos esse mal cancerígeno.

Asafe nos diz que quase naufragou na fé por causa de inveja: “quase me resvalaram os pés… pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos maus” (Sl 73.2-3). Então ele passa a descrever como passou a ver o mundo por causa da inveja. Nos versículos 73.4-12, fica claro que a inveja faz com que você veja a vida dos outros como se fosse perfeita e sem dificuldades. Ou seja, a inveja te faz olhar a grama (ou grana) do vizinho como sendo mais verde. O invejoso acha que todos (aqueles com quem ele se compara) são competentes, bem-sucedidos, bonitos e sem lutas. A inveja de Asafe fez com que ele chegasse à conclusão que os ímpios “sempre tranquilos, aumentam as suas riquezas”. Isso é verdade apenas temporariamente a respeito de alguns ímpios, mas de forma alguma é verdade a respeito de todos os ímpios o tempo todo!

A segunda coisa que a inveja faz com você é te convencer que a sua vida é miserável, sem alegria, desprovida do cuidado divino. A inveja te faz cego para as bênçãos de Deus e te convence de que não vale a pena ser crente. A inveja destrói a fé e a gratidão reconhecida. A inveja também coloca um fardo terrível sobre as suas costas. Esse processo aparece no Salmo 73.13-16: “Com certeza foi inútil conservar puro o meu coração… Pois o dia inteiro sou afligido… achei que a tarefa era pesada demais para mim”.

Nos versículos 21 e 22 do Salmo 73, Asafe também ensina com seu exemplo próprio que a inveja te rouba a alegria, te deixa amargurado, te faz ignorar/desprezar a Deus e te emburrece: “Quando o meu coração estava cheio de amargura… eu estava embrutecido e sem entendimento; era como um animal diante de ti”.

Graças a Deus, Asafe não mostra apenas as dificuldades, mas mostra também os remédios para a inveja! Esses remédios aaprecem nos seguintes versículos do Salmo 73: 1, 17-20, 24-28. Os remédios são (1) Reconhecer a bondade de Deus para com os limpos de coração (73.1); (2) ir ao culto e à comunhão dos santos (73.17); (3) entender escatologia e o juízo de Deus (73.17-20, 27); (4) ficar satisfeito com as bênçãos espirituais de Deus sobre você (73.23-26, 28). Que Deus te ajude a vencer a tua inveja com as armas dEle.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.